Número total de visualizações de página

segunda-feira, 4 de maio de 2020

Aquecimento global em curso

Não bastasse a pandemia viral que já ceifou e continua dizimando milhares de vidas em todo o planeta com o novo coronavírus (Covid-19), outra catástrofe já se avizinha: o aquecimento global. Portanto, uma pessoa está muito doente, por exemplo, e para qual não existe ainda um diagnóstico inequívoco, o que fazer então com milhões de seres humanos a mercê dessa nova peste que confirma o Brasil em 8º lugar no índice de letalidade mundial. Oportuno lembrar que em 1918, há 100 anos atrás, a gripe espanhola matou 50 milhões.
Aquecimento Global: O que é, Causas e Consequências - Blog FIA
 Na mesma linha temática senão muito mais catastrófica: “as discussões no Fórum Econômico Mundial de Davos (19 a 24.01.2020) giraram, justamente, em torno de como salvar o planeta; a  terra explorada e maltratada à exaustão pelo abuso da atividade econômica predatória”; ver o editorial Meio ambiente no foco da economia (Diario de Pernambuco 24.01.2020). Aliás, ninguém de bom senso desconhece que o aquecimento global trará consequências graves e irreversíveis para o ser humano e para os ecossistemas.

O presidente Rajendra Pachauri do Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (IPCC), Chamou a atenção de cientistas e de governantes para “as graves implicações de inação (...) e constatações devastadoras. De 1750 a 2011, a concentração de gás carbônico (CO) aumentou 40%; a de metano (CH), 150%; a de óxido nitroso (NO), 20%. A presença de CO na atmosfera é, hoje, a maior dos últimos 800 mil anos: o resultado tem sido o aquecimento da terra. Entre 1951 e 2010, esses gases contribuíram para aumentar a temperatura média da superfície terrestre entre o,5ºC e 1,3ºC. Os prognósticos até o fim deste século são piores: no cenário mais otimista do IPCC, haverá aumento de 1,Oº C. No mais pessimista, de 3,7ºC. Ainda temos tempo para construir um mundo melhor e mais sustentável, declarou Rajendra Pachauri” (Estado de S.Paulo 28.10.2014).

Em tempo: sobre os temas debatidos na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, o (ECO-92/RJ) – no qual participamos como observador e que resultaram na ocasião em mais de 10 artigos no Diário, e presentes no livro Crônicas da Indústria e Outros Temas –,  destacamos o editorial Cuidado permanente (Diario de 10.06.92) referentes a Biodiversidade, sustentabilidade e o meio ambiente. Urge envidarmos esforços para conter o aquecimento global: será o apocalipse, (Mateus 24:21; alterações ambientais).
Fonte: DP

Sem comentários:

Enviar um comentário