Número total de visualizações de página

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Cientista americano busca criar o “plástico sustentável”


A sociedade atual já está quase totalmente dependente do plástico, que tem numerosas aplicações na indústria. Mas também não faltam ambientalistas para alertar dos riscos que esse material representa para o planeta. O plástico rejeitado e não reciclado, que vira lixo, continua sendo um corpo estranho em qualquer ecossistema.
Um químico americano da Universidade do Minnesota, Marc Hillmyer, desenvolveu o conceito de “plástico sustentável”, baseado em uma mudança na composição. O pesquisador passou a trabalhar com materiais orgânicos, tais como carboidratos, óleos vegetais e outros compostos baseados em plantas para a fabricação do plástico.
Hillmyer se especializou no estudo das cadeias de polímero, a molécula básica que compõe a forma química do plástico. O professor, que faz experimentos químicos desde a infância e passou a pesquisar polímeros na graduação, explica que o estudo visa desafogar o montante de plástico que é depositado no ambiente.
Para isso, como explica ele, basta analisar aquelas velhas tabelas que mostram o tempo de decomposição de cada material no ambiente, e verificar que o plástico é tóxico e poluente, para concluir a necessidade urgente de um plástico biodegradável. E o novo material, além de melhor nesse quesito, segundo Hillmyer, deve no mínimo ser tão eficiente quanto o plástico de que dispomos hoje, senão mais.
Fonte: hypescience

Sem comentários:

Enviar um comentário