Número total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

8 carros verdes de arrancar “Wow!” do salão de Detroit 2013

O principal evento do setor automobilístico dos EUA traz grandes lançamentos na seara de automóveis que, sejam híbridos ou apenas elétricos, são sinônimos de economia e de baixa emissão de CO2
Lexus IS300H

Lexus IS300H

Para aqueles que gostam de carros, esta semana foi um prato cheio. O Salão de Detroit, que começou dia 14 e a partir de amanhã abre as portas para o grande público, mostrou o que as montadoras trarão de novidade nos próximos meses. E, para alegria de quem se preocupa com a sustentabilidade, vários lançamentos pensam na preservação do meio ambiente. A grande estrela do evento é o Lexus IS300H, que estará disponível na Europa, Japão e em alguns mercados internacionais selecionados. O carro híbrido é baseado em um motor a gasolina de ciclo Atkinson L 2.5, que foi desenvolvido recentemente pela divisão de luxo da Toyota, sendo combinado a um poderoso motor elétrico. O carro ainda disponibiliza informações de trânsito e tempo, gratuitamente, através de seu sistema de áudio e em tempo real.

 Hyundai HCD-14 Genesis

Hyundai HCD-14 Genesis

A Hyundai não deixou por menos e também apresentou novas tendências, com o conceito HCD-14 Genesis. O luxuoso carro apresenta tecnologias inéditas como um sistema de acompanhamento da movimentação dos olhos e controles através de gestos. Mas a maior novidade é o sistema PHEV (veículo elétrico plug-in), um motor 2.0 GDI que percorre 32 km com uma única carga em modo totalmente elétrico e, quando a energia fornecida pela bateria cai abaixo de determinado nível, passa automaticamente para o modo híbrido, permitindo alcançar distâncias maiores. A bateria pode ser totalmente carregada em casa em cerca de 3h.
.
Nissan Leaf

Nissan Leaf

Outra novidade da marca foi o novo Leaf, carro cuja geração anterior conta com alguns exemplares rodando como táxis em São Paulo. O modelo elétrico não teve muitas mudanças no visual, mas as suas melhorias fizeram com que ele tivesse uma verdadeira evolução na eficiência energética. Dentre as características mais marcantes está um refinamento aerodinâmico para dar maior regeneração da energia gerada pelas frenagens. O tempo de recarga da bateria também foi reduzido, caindo pela metade – agora é preciso em torno de 4h para a recarga total. Isso se deve ao novo carregador de 6,6 kW usado pela marca.
BMW i3

BMW i3

O conceito da BMW, por sua vez, se encaixa na categoria premium sustentável, pois tem emissão zero de CO2. Este é o primeiro modelo da marca totalmente elétrico e deve ser comercializado no Brasil a partir de 2014. O modelo de três portas é um hatch e também será produzido na versão híbrida. Ele tem motor com potência máxima de 125kw/170 hp, sendo produzido com íon-lítio.
BMW ActiveHybrid3

BMW ActiveHybrid3

Quem também deu o ar da graça no Salão de Detroit foi o já conhecido ActiveHybrid3. O carro, que deve ser comercializado no Brasil a partir do segundo semestre de 2013, combina um motor de combustão e uma propulsão elétrica híbrida inovadora, já que tem a tecnologia BMW TwinPower Turbo, que trabalha em conjunto com uma transmissão automática de oito velocidades em uma máquina elétrica com gerenciamento inteligente de energia. Sua autonomia tem propulsão elétrica de até 2,5 milhas, e a potência total do conjunto motor a combustão e elétrico é de 340 hp.
Nissan Resonance

Nissan Resonance

A Nissan também apresentou carros amigos do meio ambiente, tendo destaque o conceito Resonance, que mostra a tendência do design dos crossovers da marca. “Seu design é inteligente, assim como a tecnologia embarcada. Isso irá assegurar que continuaremos liderando globalmente e por muitos anos a inovação desse segmento”, afirmou o vice-presidente executivo da marca, Andy Palmer, durante o lançamento do veículo. Com tração integral, o carro conta com o eficiente trem de força híbrido-elétrico, que inclui o sistema “um motor, duas embreagens” criado pela Nissan. Ele combina um pequeno propulsor a combustão interno com outro elétrico de íon-lítio e um avançado programa de gerenciamento.
Kia Optima Híbrido

Kia Optima Híbrido

Outro velho conhecido que também está no salão é o sedã da Kia. O primeiro modelo híbrido da marca apresenta economia de combustível, operando com emissão zero e modo de condução totalmente elétrico. Sua velocidade chega a 100 km/h no modo combinado, elétrico-gasolina. Aliás, quando o carro para e o consumo elétrico torna-se baixo, o motor é desligado para eliminar completamente o consumo de combustível e as emissões. Sua bateria tem tecnologia de polímero de lítio, sendo 40% menor em volume e 10% mais eficiente que a convencional.
Chrysler Jeep Grand Cherokee

Chrysler Jeep Grand Cherokee

O carro da Chrysler não é híbrido nem elétrico, mas tem soluções voltadas para maior eficiência energética. Isso porque a economia de combustível foi aprimorada no utilitário-esportivo, já que as versões com motor Pentastar 3.6 V6 agora consomem 10% a menos de gasolina. A eficiência é ainda maior no novo motor, a diesel, que será oferecido para o veículo. O EcoDiesel 3.0 V6 chega a fazer 12 km/l na estrada e, dessa forma, também emite menos CO2. Assim, quando comparado a outros SUVs com motor V8 a gasolina, a economia de combustível é até 43% menor.
Fonte: Exame.com

Sem comentários:

Enviar um comentário