Número total de visualizações de página

domingo, 30 de setembro de 2012

O transtorno do mau cheiro

Com a caixa de gordura ecológica WaterClean não existem maus cheiros nem insectos.

Encanamento entupido ou que `exala¿ o mau cheiro significa problema à vista. Quando a água da pia da cozinha, banheiro, vasos sanitários, tanque e dos ralos começa a descer lentamente é o primeiro sinal de que as coisas não andam bem na parte hidráulica do imóvel. Isso quando não há um transbordamento total, que é capaz de tirar qualquer um do sério.

Estar atento é a melhor prevenção. Para evitar os transtornos provocados pelo entupimento, é bom manter uma manutenção periódica semestral, lavando toda a tubulação com hidrojateamento.

Segundo Cristiano Schadt, da Casa do Encanador, as principais causas do odor desagradável e do entupimento de ralos é a má instalação e conservação da tubulação. ¿Grande parte desse problema ocorre quando as pessoas jogam resíduos inadequados em ralos e pias, rompendo o cano, ou, no caso de entupimento, sujeiras vindas de materiais jogados pelos ralos de forma errada, como pequenos objetos atirados no vaso sanitário e restos de materiais de reformas¿.

Outro fator que causa o mau cheiro é a caixa de gordura que deve ser limpa pelo menos de seis em seis meses. ¿Na verdade, a limpeza deste local deve ser periódica, pois ela vai entupindo e a pessoa não percebe.  (Com a caixa de gordura ecológica WaterClean, fica resolvida esta situação definitivamente) www.watercleanbrasil.com.br
Vale lembrar que não é qualquer pessoa que pode realizar a limpeza da caixa e sim uma equipe especializada com equipamentos adequados para tal serviço. Essas pessoas devem ser credenciadas pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), pois o lixo retirado não pode ser jogado em qualquer lugar¿, declarou Schadt.

As principais causas dos entupimentos são os fungos, crosta de gordura impregnada na parede interna dos canos, fios de cabelo no ralo do lavatório, objetos de pequeno porte atirados no vaso sanitário e restos de materiais de reformas.
Fonte: odiário.com

Rede hidráulica requer manutenção periódica

A tecnologia também está presente no serviço do encanador e auxilia a encontrar pontos de vazamentos

Realizar limpezas preventivas na rede hidráulica das residências geralmente não é costume dos brasileiros. Mas, conforme explica Cristiano Schadt, gerente de uma empresa especializada em solucionar problemas nos encanamentos, esse é o melhor caminho para evitar entupimentos e vazamentos.

O especialista recomenda que, para evitar transtornos, o morador contrate, uma vez por ano, um encanador para que realize a higienização da tubulação das pias da cozinha e do banheiro e da caixa de gordura. "Assim como as pessoas cuidam para que os automóveis estejam sempre bem conservados, com revisões de rotina, os lares merecem tratamento semelhante", destaca.

De acordo com Schadt, a pia da cozinha é a que mais provoca aborrecimentos. Restos de comida, palitos de dente e até talheres são os principais vilões, porque quando caem no ralo podem ficar retidos no sifão e impedir que a água escoe corretamente. (Com a caixa de gordura ecológica WaterClean, esta situação ficará resolvida definitivamente) www.watercleanbrasil.com.br

O banheiro, seja no lavatório ou no vaso sanitário, é outro local da casa onde o encanamento apresenta recorde de ineficiência. Segundo Schadt, geralmente, a causa é o excesso de fios de cabelo.
"Muitas mulheres têm o hábito de, ao lavar ou pentear os cabelos, descartar os fios que caem no chão ou ficam presos na escova, diretamente, nos ralos ou no vaso sanitário, quando o correto é que sejam descartados na lixeira", ressalta.

O especialista alerta que, ao primeiro sinal de que a água escoa mais lentamente do que o habitual, o proprietário pode tentar resolver o problema depositando soda cáustica ou água quente no encanamento, mas, adverte, se os resultados não forem positivos, chamar um profissional da área para que a higienização seja feita o mais rápido possível é o indicado.


Caixa de gordura
A caixa de gordura é a responsável para que a gordura dos alimentos não chegue até a rede de esgoto, porém, quando o compartimento fica totalmente cheio, o entupimento de pias é apenas um dos problemas desencadeados.(Com a caixa de gordura ecológica WaterClean, esta situação ficará resolvida definitivamente) www.watercleanbrasil.com.br

Para o profissional, mau cheiro e concentração de baratas e outros insetos são comuns em caixas de gordura demasiadamente sujas..(Com a caixa de gordura ecológica WaterClean, esta situação ficará resolvida definitivamente) www.watercleanbrasil.com.br

A limpeza de uma caixa de gordura residencial custa, em média, R$ 100, contabiliza Schad. Já para solicitar a visita de um encanador é preciso desembolsar em torno de R$ 50.(Com a caixa de gordura ecológica WaterClean, esta situação ficará resolvida definitivamente, com o custo de R$ 7,5 por filtro descartável) www.watercleanbrasil.com.br

"A manutenção preventiva é muito acessível. Se for preciso comprar um sifão tradicional novo, por exemplo, o morador irá gasta seis reais, em média",observa.
Fonte: odiário.com

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Governo quer transformar mundial de 2014 em uma copa verde


O Ministério do Meio Ambiente trabalha para transformar a Copa do Mundo de 2014 em uma Copa Verde, reduzindo as emissões de gases poluentes antes e depois do torneio. A idéia é que as obras sejam sustentáveis e não gerem impactos negativos ao meio ambiente.

Não queremos emitir gases de efeito estufa, diz a gerente da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental, Karen Cope. Segundo ela, mesmo com os inúmeros benefícios para o país, o mundial pode gerar impactos negativos nas 12 cidades que vão sediar os jogos.

A Copa do Mundo tem um grande potencial de transformação e consolidação das tecnologias de baixo carbono, diz Karen Cope, da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do ministério. O aumento no consumo de energia, a construção de estádios e o deslocamento urbano aparecem como as principais ameaças para o meio ambiente.
Inventário

A Câmara Temática de Meio Ambiente e Sustentabilidade, criada em função da Copa do Mundo, é onde se discute os temas ambientais ligados ao evento. No âmbito das mudanças climáticas, as iniciativas se concentram na gestão das emissões de gases de efeito estufa. Entre elas, está o guia para elaboração de um inventário, com o objetivo de subsidiar a execução de obras sustentáveis nos estados.

Uma parceria com a Embaixada Britânica possibilitou a realização de oficinas de capacitação com representantes de várias cidades-sede. A cooperação tem permitido que as orientações e alternativas sigam as diretrizes do Useful Simple Projects, entidade responsável pelo inventário de emissões de gases de efeito estufa das Olímpíadas de Londres, realizadas neste ano.
Experiência

De acordo com Karen, o ministério defende que as medidas da Copa Verde considerem experiências vividas por outros países que sediaram grandes eventos. Segundo ela, as duas últimas Copas do Mundo, realizadas na África do Sul (2010) e na Alemanha (2006), já levavam em consideração aspectos ambientais. Em muitos casos, tentam compensar as emissões por meio de reflorestamento, afirma. Mas o que queremos é não emitir gases de efeito estufa.

O projeto da Copa Verde envolve diversos órgãos do Executivo. O acordo de cooperação celebrado entre o MMA e o Ministério do Esporte determina que haja um esforço conjunto na incorporação da esfera ambiental às obras decorrentes da competição. Firmado em 2010, o pacto tem, ainda, o objetivo de assegurar o envolvimento dos governos estaduais e municipais no processo.
Fonte: Portal do Planalto e Ministério do Meio Ambiente