Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Procuramos Distribuidor Exclusivo para a Espanha

Caixa de gordura ecológica WaterClean, procuramos Distribuidor Exclusivo para o mercado Espanhol
Para contatos: 00 351 918680270 - Manuel Dias
watercleanbrasil@gmail.com 
guardianofthewaters@gmail.com 

segunda-feira, 6 de julho de 2020

O barco do Museu Mater organiza uma jornada para aumentar a conscientização sobre o lixo marinho

Os portos onde a campanha terminará serão Hondarribia, Getaria, Ondarroa, Bermeo, Portugalete, Bilbo, Mutriku e Pasaia.
A campanha Zero Zabor Uretan vai desembarcar neste verão em diferentes portos da Costa Basca.
A campanha Zero Zabor Uretan vai parar em diferentes portos da Costa Basca neste verão a bordo do Barco Ecoactive Mater Museum, com o objetivo de espalhar uma mensagem: "O melhor desperdício, aquele que não é gerado". 
Desta forma, pretende-se realizar uma viagem marítima a bordo do MATER através de diferentes municípios pesqueiros da Costa Basca, a fim de aumentar a conscientização sobre o problema do lixo marinho e envolver os cidadãos na sua prevenção.
No contexto da crise da saúde derivada do COVID-19, o problema está sendo acentuado, afetando seriamente os ecossistemas naturais e, consequentemente, a saúde das pessoas.
Os 80% de detritos marinhos provêm da atual gestão de resíduos em terra e da falta de conscientização e comprometimento da sociedade em geral.
Os portos onde a campanha terminará são: Hondarribia de 1 a 3 de julho, Getaria de 4 a 6 de julho, Ondarroa de 7 a 9 de julho, Bermeo de 10 a 12 de julho, Portugalete de 13 a 15 de julho Bilbo del 16-18 de julho, Mutriku 19-20 de julho Pasaia 22-24 de julho.
As atividades previstas nesta campanha desejam oferecer alternativas para conhecer, participar e se envolver nas soluções que todos temos em nossas mãos para evitar o desperdício e impedir que chegue ao mar.
Entre as atividades, destaca-se a visita ecoativa ao navio-museu, onde se pretende dinamicamente tornar visível a importância do mar em nossos dias e como podemos cuidar dele em casa.
As visitas serão gratuitas e exigirão agendamento prévio como medida adotada para evitar multidões sob a ameaça do COVID-19. A exposição no pé do porto no Eko-Stand servirá para coletar informações úteis sobre os problemas do lixo marinho e alternativas ao plástico no nosso dia a dia.
Na campanha, além disso, haverá coleta e limpeza com os 10 principais resíduos de cada porto.
Por fim, a campanha apresentará o concurso #EKINZeroZaborUretan de prevenção de resíduos nas redes sociais em busca de idéias transformadoras para evitar desperdícios em nossas vidas diárias em casa, no trabalho ou na comunidade. O prêmio para a idéia vencedora consistirá em uma viagem ao mar para quatro pessoas a bordo do Barco do Museu Ecoativo Mater.
Todas as informações sobre as atividades em cada porto e o concurso podem ser encontradas na RRSS @rstermuseoa e no site criado para a campanha www.zerozaboruretan.eus
MATER e parceiros de campanha
Esta campanha foi promovida pelo Museu de Barcos Ecoativos MATER de Pasaia. O MATER é o último grande bonitera basco construído em madeira que foi salvo da demolição pela associação Itsas Gela de Pasaia e se transformou em um instrumento único de conscientização.
Atualmente, é liderada por uma equipe de profissionais que buscam espalhar a paixão pela cultura e pelo meio marinho para ajudar na sua conservação. Para cumprir essa missão, possui duas linhas estratégicas de trabalho: MATER Museoa, com um extenso programa de atividades em Pasaia; e, por outro, MATER Ekoaktiboa, com campanhas e projetos de conscientização e educação ambiental nos quais esta campanha Zero Zabor Uretan está enquadrada.
Para o desenvolvimento desta campanha, teve a colaboração de: Governo Basco (Departamento do Meio Ambiente, Planejamento Territorial e Habitação), Conselho Provincial de Gipuzkoa (Departamento de Meio Ambiente e Obras Hidráulicas), Conselho Provincial de Bizkaia (Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade) , Kutxa Fundazioa, Libera (Seo Birdlife e Ecoembes))

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Poluição mundial deve cair a nível mais baixo desde a Segunda Guerra

Estudo internacional mostra que emissão de CO2 pode cair 7% este ano em função da quarentena mundial do coronavírus

Aquecimento global deixa Grande Barreira de Coral em situação "muito ruim"
Este ano, finalmente o mundo deverá começar a respirar um pouco melhor. Um estudo coordenado pela Universidade de Anglia, do Reino Unido, com a participação de cientistas de outros países da Europa, além dos Estados Unidos e da Austrália, mostrou que em 2020 as emissões CO2 devem ser as menores desde a Segunda Guerra Mundial. O grupo analisou a emissão diária de gás carbônico em 69 países desde o início da pandemia do coronavírus, que tem mantido milhões de pessoas em quarentena no mundo todo.
Em abril, a poluição caiu 17% nos países analisados. A expectativa é que até o final do ano as emissões de gás carbônico tenham uma redução de 7% em relação a 2019, o nível mais baixo das últimas sete décadas.
“O confinamento da população levou a mudanças drásticas em relação ao uso de energia e de emissões de CO2”, diz a cientista do clima Corine Le Quéré, da Universidade de Anglia, coordenadora do estudo.
Com boa parte da atividade econômica suspensa em função da crise provocada pela covid-19, houve uma queda significativa da demanda por combustíveis fosseis, como o petróleo, que representam um importante poluente, e de energia elétrica.
A estimativa é que a demanda por combustível caia mais de 9% este ano. O uso de gás natural e carvão, que alimentam unidades de produção de vários setores industriais, também deve diminuir. Há a esperança de que a redução da poluição possa servir de estímulo para os governos ampliarem as políticas de proteção ao meio ambiente. “Temos uma janela de oportunidade”, diz Corine.
Mesmo que o mundo volte à rotina habitual depois de junho, o ganho para o planeta deverá ser considerável, com uma queda na emissão de gases do efeito estufa de pelo menos 4% em relação a 2019.
Segundo um estudo das Nações Unidas lançado no ano passado, as emissões de gases nocivos à atmosfera precisam diminuir cerca de 2.5% por ano para que o aquecimento global não aumente mais do que dois graus Celsius.
Com uma queda de 7,5%, a conquista em relação ao clima pode ser ainda maior. Nesse caso, a temperatura da Terra oscilaria menos de 1,5 graus Celsius, deixando o mundo (e os seres vivos) bem mais seguro.
Fonte: Exame

Dióxido de Carbono na atmosfera em Maio no nível mais alto de sempre

A concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera atingiu em maio o nível mais alto de sempre, anunciaram hoje cientistas da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA)

Dióxido de Carbono na atmosfera em Maio no nível mais alto de sempre
No observatório Mauna Loa, no Hawaii, o pico atingiu as 417,1 partes por milhão, superior ao registado em maio do ano passado, e apesar do abrandamento das emissões de CO2 devido à pandemia de covid-19.
Segundo os cientistas da NOAA e da Universidade da Califórnia o valor máximo de CO2 na atmosfera foi este ano 2,4 partes por milhão superior ao pico de 414,7 partes registado em maio de 2019.
Segundo informação publicada na página oficial da NOAA, os valores mensais de CO2 em Mauna Loa ultrapassaram pela primeira vez o limiar de 400 partes por milhão em 2014, estando agora em níveis que não eram atingidos na atmosfera há vários milhões de anos.
"Os progressos na redução de emissões não são visíveis nos registos de CO2", diz, citado na informação oficial, Pieter Tans, cientista da NOAA.
"Continuamos a comprometer o nosso planeta", com mais aquecimento global, com mais subida do nível do mar e com mais fenómenos meteorológicos extremos.
Os responsáveis advertem que se os humanos deixassem agora de emitir CO2 seriam precisos milhares de anos para que as emissões fossem absorvidas pelos oceanos e os níveis de dióxido de carbono regressassem a valores pré-industriais.
O aumento de CO2 na atmosfera não parece refletir a redução de emissões poluentes provocada pelo abrandamento de atividade a que a covid-19 obrigou, mas os cientistas explicam que a queda de emissões teria de ser muito maior e acrescentam que é preciso ter em conta variações naturais, desde logo a forma como as plantas respondem às variações sazonais e anuais das temperaturas. Com uma redução de emissões entre 20% a 30% durante seis meses a um ano poderia ser visível um abrandamento, admitem.
Embora as plantas e os oceanos absorvam cerca de metade dos 40 mil milhões de toneladas de poluição por CO2 emitidas pelos humanos em cada ano, a taxa de aumento de CO2 na atmosfera tem vindo a acelerar constantemente, afirmam também.
Fonte: NM

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Caixa de Gordura Ecológica WaterClean®


Legislação

Em alguns Países Europeus existe legislação específica que obriga a utilização de caixas ou sistemas de retenção de gordura e resíduos sólidos, resultantes da lavagem de louça nas cozinhas industriais. Por razões ecológicas e ambientais é aconselhável a mesma preocupação e obrigação de montagem nas cozinhas domésticas
No Brasil onde surge todos os dias bandeiras ECOLÓGICAS para o resto do mundo ver, não existe nenhuma regulação nem lei sobre as águas de lavagem da louça e os respectivos resíduos sólidos, que vão integralmente para a rede de esgotos, para fossas sépticas ou para o meio ambiente.
Esperamos que após conhecimento da Caixa de Gordura Ecológica WaterClean® por todas as entidades a quem iremos enviar documentação, haja em tempo oportuno alguém que se interesse por melhorar o meio ambiente e reconheça nesta Caixa de Gordura Ecológica (produto Brasileiro) fabricada no Estado de Santa Catarina, uma boa opção para reduzir a poluição das águas residuais resultantes da lavagem da louça nas cozinhas industriais e domésticas, e assim criar uma legislação orientadora para a despoluição das gorduras e resíduos sólidos, resultantes das águas residuais das cozinhas.

Caixa de Gordura Ecológica WaterClean®,


Montagem e Utilização

Caixa de Gordura Ecológica WaterClean®, é indicada para ser instalada por debaixo das bancadas com lavadouros nas cozinhas industriais e domésticas. A sua ligação é feita directamente ás cubas de lavagem, sem necessidade de instalação de sifão. A descarga de esgoto é feita por gravidade, pelo que a entrada no colector de esgoto deverá estar mais baixa que a sua saída do esgoto.

Recomendações

  • É aconselhável instalar uma Caixa de Gordura Ecológica WaterClean®, por cada cuba de lavagem de louça nas bancadas de cozinha industrial, podendo ser somente uma caixa para duas cubas das bancadas das cozinhas domésticas.
  • A entrada e saída de água são compatíveis com os tubos de ligação flexíveis com 50 mm de diâmetro.
  • Apertar bem as ligações de entrada e saída de água, para evitar fuga de água e libertação de maus cheiros.
  • Assegurar que a tampa fique acessível ao controle visual e á substituição do filtro descartável.
  • O filtro descartável deve ser substituído quando estiver saturado de gordura e resíduos sólidos, pelo que deve ser vigiado com regularidade. A transparência da tampa de limpeza, permite uma fácil observação.
  • Independentemente da quantidade de gordura e resíduos sólidos acumulados, aconselhamos a substituição do filtro descartável nas situações seguintes:
    • Cozinhas industriais:
      • Até 100 refeições/dia (de 5 em 5 dias)
      • Até 170 refeições/dia (de 3 em 3 dias)
    • Cozinhas domésticas (de 15 em 15 dias)
  • Os filtros substituídos saturados de gordura e resíduos sólidos, podem ser colocados no recipiente do lixo orgânico ou entregues a Empresas especializadas para reciclagem.
É expressamente proibido instalar e ter este equipamento em funcionamento sem o filtro descartável especial montado.
Caixa de Gordura WaterClean Montada

A Caixa de Gordura Ecológica WaterClean®

Perspectiva da Caixa de Gordura Ecológica WaterClean
Caixa de Gordura Ecológica WaterClean® é um equipamento de reduzidas dimensões (365x280x349 mm), destinado a ser instalado por debaixo das cubas de lavagem de louça nas cozinhas industriais e domésticas.
Tem como finalidade a retenção de gordura e residuos sólidos resultantes da lavagem da louça, sendo a água residual a enviar para a rede de esgoto despoluida em elevada percetagem.
Melhorar a qualidade das águas residuais é uma preocupação Mundial, havendo alguns Países que já criaram legislação sobre a poluição da gordura e residuos sólidos nas águas residuais.
Caixa de Gordura Ecológica WaterClean® é um equipamento inovador, simples, fácil de instalar, sem manutenção especializada, que responde ás preocupações ambientais, no que toca á despoluição das águas residuais da lavagem de louça nas cozinhas.
A estrutura em caixa monobloco de PE/AD (polietileno de alta densidade), garante uma longa duração em situação de utilização intensiva.
Os residuos sólidos e a gordura são retidos pelo filtro descartável, fácilmente substituivel, em perfeitas condições de higiene. Os filtros usados podem ser colocados no lixo orgânico ou entregues a Empresas especializadas para reciclagem.
A simplicidade e a higiene na utilização e limpeza (sem produtos quimicos ou orgânicos), tornam esta Caixa de Gordura Ecológica.

Benefícios

WaterClean® é uma caixa de gordura ecológica, simples, fácil de instalar, sem manutenção especializada, com os benefícios seguintes:
  • Anula o entupimento da tubagem de esgoto
  • Evita os maus cheiros das caixas tradicionais
  • Evita a proliferação de bactérias no ambiente
  • Reduz os tratamentos bacteriológicos
  • Reduz os custos das Câmaras Municipais no tratamento das águas residuais
  • Reduz o custo de manutenção das canalizações
  • Melhora a qualidade das águas residuais
  • Fácil substituição do filtro
WaterClean® é um sistema económico sem manutenção, apenas utiliza um filtro descartável, que retém a gordura e os resíduos sólidos. É de fácil substituição, é uma operação que se faz em segundos.
WaterClean® é uma amiga do ambiente e deve ser instalada em todas as cozinhas domésticas e industriais.

Porque é melhor?

Corte da Caixa de Gordura Ecológica WaterClean, mostrando o filtro
Caixa de Gordura Ecológica WaterClean®, é a melhor solução para a retenção de gorduras e resíduos sólidos, resultantes da água de lavagem da louça nas cozinhas industriais e domésticas.
É um equipamento a ser instalado nas bancadas das cozinhas industriais e domésticas por debaixo das cubas de lavagem, podendo ser instalado noutros locais para intercepção e retenção das gorduras e resíduos sólidos transportados pelas águas residuais.
Tem uma estrutura autoportante em PE/AD (Polietileno de alta densidade), o que garante uma longa duração em uso intensivo.
Perante as tradicionais caixas de gordura, este equipamento tem as vantagens seguintes:
  • É fechado hermeticamente o que garante a ausência de cheiros e evita a proliferação de bactérias
  • Está equipado com um filtro descartável especial onde ficam retidas as gorduras e resíduos sólidos, de fácil substituição.
  • Tem uma tampa transparente para vigia e controlo da saturação do filtro.
  • A substituição do filtro é feita com dois dedos em 15 segundos.
  • É muito mais fácil de instalar, devendo a sua instalação ser feita por baixo das cubas de lavagem das bancadas de cozinhas.
  • A facilidade e simplicidade de montagem, entra no conceito de “faça você mesmo”
  • Pelas suas pequenas dimensões cabe em espaços, onde é impossível instalar caixas de gordura tradicionais
  • A sua estanquidade e facilidade de limpeza com elevado nível de higiene, definem-na como um equipamento ecológico e amigo do ambiente.